Como Sócrates demonstra que os seus conhecimentos vão muito além do “Inglês Técnico”… Infelizmente.

“Se algum serviço da Administração Pública não paga à Caixa Geral de Aposentações isso significa menos despesa, é verdade. Mas significa igualmente menos receita, logo o défice é igual.” Ora, argumentou, o relatório da Unidade Técnica de Acompanhamento Orçamental (UTAO) “diz é que nestes casos, eventualmente nalguns serviços, eles podem não ter transferido – e deviam tê-lo feito, claro está – o dinheiro para a Caixa Geral de Aposentações”. E acrescentou: “Ou podem não ter feito as transferências que deviam ter feito para a administração fiscal para pagar o IRS de todos os funcionários. Mas se não o fizeram, isso não nenhum impacto no défice pela simples razão de que, para o Estado, é uma despesa a menos, mas é também receita a menos, o que significa que o défice fica igual.”

Sócrates vai acabar a dar aulas sobre despesas e receitas num deserto qualquer.

Os portugueses vão pagar, durante uns bons anos, estas teorias Socráticas.

Anúncios

Sobre António Vieira Lopes

Liberal na Economia. Pouco. Conservador em tudo o resto. O que é muito. Morrerei médico.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s