Boa notícia:a troika volta acompanhada do sr. Pickwick

Aterra amanhã no aeroporto da Portela (objecto do grande milagre em continuar operacional depois de estar super-saturado desde há décadas) a equipa dos jovens médicos à periferia, também conhecida por troika. A grande e boa novidade é que vem acompanhada pelo Sr. Pickwick, companhia das mais felizes e mais adequadas ao objectivo perseguido.

Tal como o Prof. Marcelo, que ontem se engasgou com a difícil explicação da influência do denominador no valor de uma razão, também Sextus vai prever já a pontuação da troika ao desempenho do cumprimento do governo do memorando: 15/20 valores.

Tudo corre bem embora a troika recomendará que ainda pode correr melhor. De facto, o grande ajustamento tão premente vai-se fazendo a boa velocidade, da mistura de uma boa redução da importação, algum crescimento da exportação e sobretudo da retoma vigorosa da emigração, a solução nuclear. Como a troika não irá apontar para o centro do alvo, a companhia do Sr. Pickwick é quase providencial.

Os gentios vão continuar a discutir quais os sectores em que o governo ultrapassou a troika e aqueles em que não atingiu o solicitado e para esse enriquecedor debate o Sr. Pickwick será chamado a participar e decidir.

Depois da troika regressar á Europa ( a Lusitânea-cacânea como se sabe não pertence a nenhum continente mas ao mundo inteiro) talvez haja alguém a dizer algumas inutilidades do género: estamos falidos, incapazes de gerar riqueza suficiente para rolar a dívida, quanto mais pagá-la. paralisados por vários nós da matriz social-liberal que repete imaginativamente que o milagre da redução de salário com aumento de impostos libertará a poderosa força produtiva lusitana.

Alguém dizer o mais óbvio por exemplo sobre a a historieta da RTP é pedir mesmo muito, para um português o óbvio é que é difícil, já dizia Ruben.

Mas em resposta a uma trágica ideia do meu amigo JPLN no seu blogue Blasfémias, Sextus afirma o seu pavor de concessões. O que Sextus defende é a venda pura e simples (se estragarem o brinquedo deverão dirigir-se ao ponto verde), retomar o menino depois de uma ou duas décadas de concessão é preciso mesmo acreditar muito em Smith e em Weber, coisa que nem a Sextus nem ao sr. Pickwick lhes passa pela cabeça. Outras teorias sobre o facto da RTP ser já uma concessão são irmãs do discurso do fiel criado do nosso Pickwick.

Ainda vamos ver muita água a passar, o mundo não gosta de falências, mais ainda quando há uma legião de pagadores que pose ser requisitada.

Valha-nos a Unilever que já está adaptar-se aos tempos modernos e iniciou a venda de doses mais pequenas de detergentes em Espanha e pensa repetir a apresentação unidose de champôs que tanto sucesso fazem na Índia. Sextus que lá esteve há dois meses vislumbrou o futuro.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s