os “Sepáh e-Pásdárán” …

… e os “aiatolá” do costume em união de esforços com os membros da “Majlis-e Khobregan” querem manter os seus privilégios a todo o custo.  Funcionários que formam a  maior parte de uma classe média medíocre,  incapazes de se deterem antes de tentarem esmifrarem o que houver para esmifrar ao poucos capazes de sobreviver, livres,  fora da alçada do Estado.

Esquecem que a servidão tem um limite. A partir desse limite, os servos abandonam os “campos” e depois …. depois …

… restam os “campos de batalha”  …  e a fome.

Anúncios

Sobre António Vieira Lopes

Liberal na Economia. Pouco. Conservador em tudo o resto. O que é muito. Morrerei médico.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s